segunda-feira, 9 de maio de 2011

Centenário e a fé que incomoda!

A FÉ É PARA INCOMODAR

Um empresário brasileiro da área do turismo vai várias vezes ao ano aos países onde a Bíblia ganha cores.

Numa destas viagens, em certa cidade ecoou a chamada para o momento de oração dos muçulmanos.

Um membro do grupo que guiava lhe perguntou do que se tratava.

Ele imitou os sons árabes para explicar.

Ouvindo-o, um muçulmano imenso se sentiu ultrajado com a imitação e manifestou sua indignação por meio de raivosos impropérios e palavrões.

O brasileiro pediu desculpas, mas não adiantou.

Meses depois, liderando outro grupo, alguns quiseram comprar uns tapetes."

Alguém indicou uma loja.

O brasileiro percebeu que o seu dono era exatamente o homem com quem se desentendera.

E então levou o grupo para outra loja.

Estavam empatados, mas o brasileiro ficou incomodado.

Não agira corretamente.

Voltou ao Brasil entristecido.

Como parte do seu trabalho, uma nova viagem incluía a cidade do comerciante de tapetes.

O brasileiro procurou o turco.

-- Lembra-se de mim?

O homem ficou vermelho e se preparou para o ataque.

-- Calma!

Já lhe disse que não quis ofender sua religião naquele dia perto do minarete mas já lhe pedi desculpas.

Estou aqui para lhe pedir perdão por outra coisa.

Há dois meses, impedi que meu grupo comprasse na sua loja, por causa de nossas desavenças.

Estou com outro grupo e daqui a pouco todos estarão aqui.

Eu sou um cristão e não posso agir por vingança.

Espero que você me perdoe.

Eu estava errado.

O homem simplesmente desmoronou em lágrimas.

-- Nunca ninguém agiu assim comigo.

A fé cristã, quando nos incomoda, purifica o nosso caráter.


Fonte: Israel Belo de Azevedo.

"Bastidores, bastidores...é melhor ficar em silêncio por enquanto!

Um comentário:

  1. Caro amigo e pastor Daniel Acioli,'

    Bastidores...
    Fala varão, fala...,
    Não aguça assim a minha curiosidade...rsrsrss
    Um grande abraço!
    Pr. Carlos Roberto

    ResponderExcluir