terça-feira, 19 de junho de 2012

AGE - Maceió, Alagoas ....Vexame e falta de temor a Deus!

Meus caros leitores!

Postei o seguinte comentario no Point Rhema, (Link abaixo)


Meu Nobre amigo e irmão em Cristo!

Pr. Carlos Roberto!

Tive a oportunidade de ler o post acima na sua primeira exposição e hoje vejo que o seu raciocínio, visão, estava, está nítido e atualissimo!

Estivemos em Maceió - AL e mais uma vez fomos testemunhas de como se arrebenta com uma reunião dando prejuízo a centenas de obreiros, que gastaram dos dizimos e ofertas de fiéis, suas despesas de locomoção e afins!

Foi rídiculo ver a orquestração logo nas primeiras horas antes do inicio das sessões, pastores (?) diziam:

-- Não vai aprovar nada aqui!

- Não vamos deixar!

- Poder não se conquista, se toma!

- Quantas cadeiras tem no plenário? 5000 Mil?

- Sobra umas três mil para quebrar na cabeças deles!

(Quem eram essas pessoas? Seriam infiltrados para prejudicar a AGE?)

Deus sabe com certeza!

Quero crer e dar o beneficio da dúvida, pois não posso aceitar que homens de Deus tenha esse tipo de atitude!

Jamais!

Jamais!

Iniciada a sessão e no decorrer do dia as discussões até que fluiram, cheguei a comentar com um de nossos companheiros:Poxa se continuar assim, vai ser bom não ver episódios lamentaveis de outras ocasiões, lêdo engano de minha parte!

Ora!

O que me chama atenção nos comentários é que ninguem fala sobre o que foi proposto a inserir no estatuto?

"É Vedado aos pastores das Assembleias de Deus no Brasil realizarem casamento que contrariem os ensinos biblicos...."

(Não própriamente nestes termos de redação)

Quem estava lá sabe o teor da proposta e é contra isso que essa turba de bardeneiros se levantaram!

(Será que os irmãos do norte defendem a idéia do referido casamento, união estável...etc...etc..? - Creio mais uma vêz que não! - Mas, se não? Por que não acompanharam os demais pastores?)

Nos artigos propostos para serem incluídos no estatuto, nenhum deles beneficiaria a quem quer que seja, a não ser a própria denominação chamada de Assembleia de Deus, da qual sou membro!

Confesso que estou cansado de ver tumultos, palavras de ordens, de contra ordem, pela ordem, que culminam sempre em desordem!

Minha pergunta é: Se antes de começarem as sessões por que afirmavam que nada seria aprovado?

Isto só pode nos levar a uma dedução: Vamos mostrar quem somos nós!

Que Deus se apiede de sua igreja, por que não concebo a idéia de ser pastoreado por incitadores de bagunça, tumulto e agressões verbais!

Minha escola é outra!

Pois quando se perde o temor a Deus, o que falar de homens?

Um abraço.

Pastor Daniel Sales Acioli

Presidente do Ministério das Assembleias de Deus em Apucarana - Paraná

http://pointrhema.blogspot.com.br/2012/06/assembleia-de-deus-um-grito-pelo.html

8 comentários:

  1. Querido pr. Daniel Acioli,

    A paz amado!

    Segurei minhas lágrimas ao ler a sua matéria, um "pequeno desabafo", ou um momento engasgado, diante da violência espiritual causada por alguns.

    Estes alguns, são provenientes, da escolha ministerial exercida pelos interesses de muitos líderes na formação de quadrilhas no ministério.

    Sinto muito, posicionar-me desta maneira grosseira.

    O meu coração ao chorar por este fato me incrimina e pergunta:

    Você deseja ser um covarde e se calar?

    Respondo: A quadrilha de muitos está a ponto de causar um grande estrago, e eu, sou o menor de todos.

    Recebo uma resposta a minha resposta:

    Espere mais um pouco, continue sempre o menor, pois as pedras vão rolar, e muitos despencarão deste monte de vaidades, arrogância e hipocrisia.

    Continuo com o meu choro que poucos podem entender, e recebo mais uma palavra do meu coração:

    Falta pouco para grandes pedras rolarem. Vigie e ore!

    O Senhor seja contigo, nobre pastor,

    O menor de sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu caro irmão em Cristo!

      Sou grato por seu comentário, concordo em número, grau e genero!

      Até quando mesmo?

      Até quando?
      Não vamos desanimar, chegará o momento de se prestar contas e diante do Justo Juiz, essas atitudes serão com certeza lembradas!

      Pois o mal que fizer a um pequenino, ao Mestre se faz!

      Foi horrivel ver pastores de cabelos brancos afirmarem: Meu Deus o que estão fazendo com a nossa Convenção!

      Um abraço meu companheiro!

      Excluir
  2. Seria muito mais se uma grande maioria não pintassem seus cabelos, para tornarem-se mais jovens e em alguns casos, tenho observado, RIRdículos.

    O menor de sempre e de novo nesta tribuna.

    ResponderExcluir
  3. Pr. Eliseu de Souza, /// USa
    Meu caro Pastor Daniel, lamentavel essa AGE. eu ja tinha visto em um outro blog e a imprensa publicou tambem, e uma vergonha ai os caras ainda querem passar por santos homens de Deus agora o que me preocupa e com os novos na fe, eles vem pra igreja pensando encontrar gente seria, e ai ve o contrario, la foi fichinha se comparado com ouras coisa q sei atraves da midia, eu fazer parte de uma comvencao dessa, nunca to fora,, meu caminho e com Deus e Ele tambem ta fora com certeza,,
    abracos
    Pr. Eliseu de Souza /// Usa

    ResponderExcluir
  4. Pastor Daniel Rodrigo de Souza20 de junho de 2012 11:59

    Pastor Daniel, teremos que, nestes dias em que vivemos, sermos uma igreja dentro da igreja, ou seja, está na hora dos novos Martinhos Luteros fazerem novamente a reforma. Somos os novos reformadores. Que o Senhor tenha misericórdia de nós que estamos vivendo o tempo em a iniquidade tem se aumentado porque o amor de muitos se esfriaram. A nossa regra de fé é Jesus.
    Louvo ao Senhor por poder trabalhar ao lado do Pastor Daniel Sales Acioli, homem que tem a Bíblia como manual de Fé.
    Temos que nos manter íntegros, Pastor, como sempre fomos. Unidos acima de qualquer coisa e certamente, a semente que satanás tem lançado, mesmo através de "ministros" não germinará entre nós.

    ResponderExcluir
  5. Pastor Daniel boa a sua iniciativa de reforma, mas e bom lembrar q Martinho Lutero deu a cara a tapa, no entanto hj nos vemos muita conversa e pouca ação, quero ver se algum Pastor Filiado em alguma Convenção que tem esse tipo de comportamento tem coragem de levantar com uma atitude seria , as pessoas falam mas na hora dessa decisão se calam,,a melhor forma de combater e partir para o tudo ou nada , ou então nao fazendo parte desse tipo de gente,
    Deus abençoe todos nos, nao sei onde vai dar tudo isso,
    Abraços querido
    Pr. Eliseu de Souza //// Usa

    ResponderExcluir
  6. Amado Pr a situação é mais séria do podemos imaginar,pois nessa política religiosa instalada em nosso meio estamos sem opção,pois se alguns estão descontentes com a atual liderança e dizem ser um papado,para quem se dirigir?se a opção apresentada é um baderneiro desviado e seu bando?Espero que a providencia divina chegue logo e nos apresente algo novo,um grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Pastor Daniel Rodrigo de Souza29 de junho de 2012 13:11

    E verdade Pastor Eliseu, está certíssimo seu apontamento. Nós que estamos no ministério, temos que escolher, corresponder à chamada de Cristo ou nos acovardarmos diante dos desejos de pessoas que integram as igrejas travestidos de crentes. Se quisermos nos manter na dispensação do Senhor teremos que escolher, ou agradamos a igreja ou agradamos a Cristo. Penso que a igreja comporta "picaretas", mas a igreja de Cristo não. A igreja aceita mercenários, mas a igreja de Cristo, jamais. Então descobrimos que está na hora de "reformarmos" a igreja. Senhor, eis me aqui, envia-me a mim. Deus seja glorificado.

    ResponderExcluir