domingo, 23 de maio de 2010

UMA QUESTÃO DE MARCA

UMA QUESTÃO DE MARCA




Qual a razão de tanta questão em torno de uma marca ou denominação na hora de "batizar" uma nova igreja, ou quando se resolve "re-batizar" uma igreja já existente? Seria para de alguma forma identificar sua linha doutrinária? Estar-se-ia buscando manter uma identidade denominacional? Haveria o interesse de se tirar proveito de um nome já construído ao longo dos anos? Seria para ajudar a "vender" mais fácil o Evangelho?

Nome de igreja (denominação) não salva ninguém, mas, pode dar credibilidade para quem não é digno de credibilidade, ou para quem deseja se aproveitar da "marca" para fazer crescer o seu "reino pessoal" (e não o Reino de Deus).

Não existe igreja perfeita, porque os seus líderes e membros não são perfeitos. Agora, de uma coisa estou certo, existem igrejas com líderes sérios e comprometidos com Deus e com a sua Palavra, como também existem igrejas pastoreadas por verdadeiros bandidos e exploradores da fé.

O fato é que o nome "Assembléia de Deus", "Igreja Batista", "Igreja Presbiteriana" e outros que estão associados a uma organização já reconhecida nacionalmente por seu trabalho espiritual, social e cultural, acabam sendo utilizados indiscriminadamente, alcançando os níveis do banal e do ridículo.

Não se conhece a seriedade de uma igreja apenas por sua "marca", mas acima de tudo, pelo amor, comunhão e caráter de seus líderes e membros. Sendo assim, por uma questão de prudência, devem-se buscar informações sobre a referida igreja e seu pastor, sempre que se pensar em congregar, mudar de congregação ou de denominação. O tempo é outro grande auxiliar no sentido de revelar quem é quem.

Ninguém fique admirado, se de repente, em meio a tanta criatividade, oportunismo e cinismo, surgir no cenário evangélico nacional um dos nomes abaixo:

- Igreja Evangélica dos Sem Igreja

- Assembleia da Vitória Financeira

- Congregação Cristã dos Pescadores de Aquários

- Ministério Apostólico dos Mercenários de Plantão

- Assembleia da Minha Família

- Comunidade Aqui Pode Tudo

- Paróquia da Enganação

- Universal do Meu Reino

- A Verdadeira e Imaculada Igreja de Jesus

- Igreja Batista Pós-Moderna

- Caminho da Santificação Sem Jugo

- Capela da Prosperidade

- Sementeira de Cristo

- Igreja do Bom Brilho das 1001 Utilidades

- Igreja Global e Você, Tudo a Ver

- Igreja Jesus Cristo É Isso Aí

Que o Senhor nos ajude!

Publicado em O GALILEO

Um comentário:

  1. Parabens Pastor Daniel, pelo comentário tão substancioso.A PARÁBOLA DO TRIGO E DO JOIO descrita por Jesus, está presente em nosso meio.Dias virão em que veremos outra vez a diferença entre o justo e o ímpio.Entre o que serve a Deus e ao que não serve.Malaquias 3:18.O texto diz que veremos outra vez,porque estamos vendo agora. Diac.João Netto.(Sem.Formado.)

    ResponderExcluir

VITÓRIA DE DAVI SOBRE A TRISTEZA

VITÓRIA DE DAVI SOBRE A TRISTEZA Texto: Salmos 34.19 INTRODUÇÃO:  Um homem que enfrentou muitas crises. I. UM JOVEM DE FÉ a. ...