sábado, 1 de janeiro de 2011

Criticar ou criticar é assim que funciona?

"Senhor Deus! Eu Não faria desse jeito" (I)



Linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós. Tito 2:8

Supondo que Deus está formando uma comissão ou conselho consultivo.

Deus quer saber o ponto de vista humano para avaliar todo o processo que se usou para trazer a salvação ao nosso mundo.

Ele quer que “saber“ quais as nossas reações ou ponto de vista sobre seus métodos e meios utilizados para trazer Jesus para ser nosso Salvador.

Isso inclui a forma como ele usou quase 1500 anos para preparar o mundo para Jesus,

Da maneira que Ele enviou Jesus,

Da maneira que Ele trouxe a Igreja à existência,

E a forma como Ele anunciou ao mundo sobre o perdão.

Deus escolhe você para ser membro deste Conselho Consultivo!

Ele quer que todos os membros do conselho consultivo sejam sinceros e honestos emitindo pessoalmente o que acham do plano Divino para a salvação do homem!

Ele quer que todos estes façam qualquer crítica ao processo, e expliquem a sua crítica.

Vamos em silêncio participar da primeira reunião da comissão.

É a sua vez de falar, pois você faz parte do conselho consultivo...

"Senhor Deus!”

“Minha experiência é que, se quisermos realizar coisas boas, devemos usar sem falta pessoas boas.”

"A mais importante realização, é usar pessoas que sejam excepcionalmente boas!"

"Em termos simples: Se Senhor Deus quiser mudar o pensamento e as emoções do ser humano, se devem usar os melhores do mundo."

"É essencial que pessoas de grande caráter sejam usadas e que possam ser uma influência positiva, excelente."

"Pessoas em geral são muito céticos, muito críticos."

"Se der a pessoas a metade de um motivo para criticar, com certeza vão criticar."

"Se as pessoas tiverem a escolha entre mudar a maneira como eles pensam e vivem ou criticando as novas formas, as pessoas vão escolher a crítica quase sempre."

"Eu acho que o seu maior erro no seu plano para trazer a salvação para as pessoas foi a seguinte: O Senhor usou as pessoas erradas quando começastes"

"Eu nunca iria começar o processo da salvação através de Abraão e sua família."

"Essa família simplesmente tinha problemas demais para ser alvo de criticas."

"Eles não tinham o potencial para ser uma família influente, poderosa, bom testemunho, pedigree, sangue azul, sobrenome, etc...etc..."

"Senhor faça um olhar honesto sobre Abraão e sua família."


"Eu não começaria com um homem que usou a sua esposa para enganar outras pessoas como Abraão fez."

"Eu não começaria com um homem que mentiu sobre sua esposa que não era sua esposa."

"Eu não começaria com um homem que permitiu um rei levar sua mulher com a intenção de se casar com ela porque o rei pensou que a mulher era solteira."

"Eu não começaria com um homem que tinha um filho de uma mulher que não era sua esposa."

"Eu não começaria com um homem que fez o seu próprio filho e mãe sair de sua tenda e ir a caminho do deserto com um pão e um odre de água!”

"Deus me perdoe a minha sinceridade, mas isso foi um erro."

"Eu não usaria um homem que mostrou favoritismo enorme entre os seus dois filhos como Isaque em detrimento a Ismael."

"Eu não usaria um homem que amava um filho e ignorou o outro!"

"Eu não usaria uma família em que a mulher de um marido deficiente visual conspirasse contra ele."

"Eu não usaria uma família em que ambos os filhos desprezavam um aos outros."

"Deus me perdoe a sinceridade, mas isso foi um erro."

"Eu não usaria um homem que mentiu e explorava o semelhante em benefício próprio, como Jacó fez."

"Ele usou a fome de seu próprio irmão para obter, subtrair algo precioso de seu irmão."

"Ele mentiu para enganar seu pai que era cego."

"Ele se aproveitou de seu pai."

"Ele tinha duas esposas, e ele foi parcial com uma destas mulheres e seus filhos."

"Sua família no relacionamento mais parecia uma zona de guerra do que uma família.

"Deus me perdoe a sinceridade, mas isso foi um erro."


"Eu não usaria homens que eram culpados de coisas desprezíveis como estupro, ódio, engano e violência assassina como os filhos de Jacó foram."

Os filhos de Jacó fizeram um pacto com os homens de uma cidade,

“Selaram o acordo com a circuncisão dos homens, e depois mataram todos eles quando eles não podiam se defender” (Gênesis 34).

"Judá adulterou com Tamar como se ela fosse uma prostituta" (Gênesis 38).

"Rubem estuprou ou manteve relações sexuais uma das concubinas do próprio pai" (Gênesis 35:22).

"Irmãos venderam José como escravo" (Gênesis 37:18-28).

"Esses meninos tinham inveja e ódio o suficiente para infectar muitas gerações."


"Talvez eu possa dar-lhe ou emitir meu ponto de vista, afirmando que eu faria."


"Eu iria começar meu plano para a salvação do homem, com um homem ideal, o marido ideal e o pai ideal."

"Este homem seria casado com a esposa ideal, que seria a mãe ideal."

"Seus filhos se amariam e respeitariam uns aos outros, e tratariam uns aos outros com grande gentileza e consideração."

"As crianças se tornariam adultos que seriam gentis, ótimos maridos e esposas e ótimos pais”.

"Nas gerações futuras, as pessoas iriam falar sobre como uma família ideal é um maravilhoso exemplo!"

Imagina este diálogo acima entre você e Deus?

Continua.......aguardem!

Um comentário:

  1. Caro irmão e pastor Daniel Acioli,

    A Paz do Senhor!

    Excelente sua postagem para nossa reflexão.

    Um Feliz 2011.

    Que o Eterno conserve o teu ministério, sempre a favor da manutenção dos princípios divinos.

    Um grande abraço!

    Pr. Carlos Roberto

    ResponderExcluir

REI DAVI....... Do Pastoreio ao Trono de Israel.... Davi, o filho mais novo de Jessé                                            - I...