quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Criticar por criticar é assim que funciona? (II)

Vejamos a Igreja e sua trajetória.


"A igreja tem problemas suficientes tentando conseguir que as pessoas sejam piedosas delineando suas raízes através de uma família que, obviamente, tenha tantas falhas e defeitos."

Pensemos nisto e vejamos a caminhada da Igreja ao longo dos anos!

Olhe para o tipo de pessoas, muitas vezes escolhido para liderar a igreja, que legado deixou?

Estamos de acordo em querermos uma pessoa que seja verdadeiramente dedicada a Deus, que seja verdadeiramente convertido a Jesus Cristo.

E deve ser assim, que á frente da igreja esteja homens ilibados, fiéis e chamados por Deus, para cuidar do rebanho.

Nosso pensamento deve ir além do que consideramos, a Pavara de Deus deve ser observada por estes “chamados”.

Considere a declaração de Paulo aos cristão em 2 Coríntios 4:7.

Paulo tinha alguns críticos poderosos na igreja de Corinto.

Seus críticos tentaram destruir sua credibilidade, ao declarar como Paulo era inexpressivo em pessoa.

"Ele é um péssimo orador" (2 Coríntios 10:10).

"Sua aparência física é o mais inexpressivo, fraca" (2 Coríntios 10:10).

A implicação era esta: "O porta-voz de Deus que entrega gloriosa mensagem de Deus certamente teria que impressionar"fisicamente".

Porém, o Apóstolo Paulo disse aos opositores  que seu objetivo era impressioná-los com Cristo, e não a si mesmo.
A mensagem que ele compartilhou foi a respeito de Jesus, e não sobre Paulo.

Leiamos com profundidade e discernimento espiritual: 2 Coríntios 4:7 “Mas temos este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós mesmos.

Deus colocou esse incrível tesouro de Boas Novas de Jesus Cristo nos vasos de barro de Paulo e seus companheiros.

Vaso de barro tinha pouco valor - eles foram literalmente "vasos sem honra"

O tesouro nos potes (vasos) foi e é muito mais valioso!

Para fins de ilustração, seria como colocar um bilhão de dólares em uma lata qualquer vazia.

"Isso é estúpido! Por que isso?"

Há uma razão muito importante.

Isso me impressiona, “não é recipiente que revela o tesouro”.

O vaso tem apenas uma finalidade: Proclamar o valor do tesouro.

"Mas eu não faria isso dessa maneira!"

Diríamos nós, arrogantemente!

Esse é o ponto é o que estamos vendo no dia a dia, julgamentos, emissão de pensamentos dúbios sobre homens que por alguma razão estão pregando o evangelho, ministrando a Palavra, vasos de barro.

Esquecemos do texto: Filipenses 1

1 Paulo e Timóteo, servos de Jesus Cristo, a todos os santos em Cristo Jesus, que estão em Filipos, com os bispos e diáconos:


2 Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai e da do Senhor Jesus Cristo.


3 Dou graças ao meu Deus todas as vezes que me lembro de vós,


4 Fazendo sempre com alegria oração por vós em todas as minhas súplicas,


5 Pela vossa cooperação no evangelho desde o primeiro dia até agora.


6 Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo;


7 Como tenho por justo sentir isto de vós todos, porque vos retenho em meu coração, pois todos vós fostes participantes da minha graça, tanto nas minhas prisões como na minha defesa e confirmação do evangelho.


8 Porque Deus me é testemunha das saudades que de todos vós tenho, em entranhável afeição de Jesus Cristo.


9 E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento,


10 Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo;


11 Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.


12 E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior proveito do evangelho;


13 De maneira que as minhas prisões em Cristo foram manifestas por toda a guarda pretoriana, e por todos os demais lugares;


14 E muitos dos irmãos no Senhor, tomando ânimo com as minhas prisões, ousam falar a palavra mais confiadamente, sem temor.


15 Verdade é que também alguns pregam a Cristo por inveja e porfia, mas outros de boa vontade;


16 Uns, na verdade, anunciam a Cristo por contenção, não puramente, julgando acrescentar aflição às minhas prisões.


17 Mas outros, por amor, sabendo que fui posto para defesa do evangelho.


18 Mas que importa? Contanto que Cristo seja anunciado de toda a maneira, ou com fingimento ou em verdade, nisto me regozijo, e me regozijarei ainda.


19 Porque sei que disto me resultará salvação, pela vossa oração e pelo socorro do Espírito de Jesus Cristo,...

Desta forma chego a conclusão que nada sei e que Deus age de maneira que muitas “eu” julgo segundo meu “modo” de pensar e fundamentado na minha experiência: Tasco a frase: Eu não faria desta forma!

Os caminhos de Deus poderosamente declaram que Deus fez e está fazendo, não o que realizamos ao longo de nossa caminhada, pois é Ele que faz todas as coisas!
Nossa tendência é tentar impressionar as pessoas com a nossa arrogância, tamanho de nosso ministério, quantidade de DVDs gravados,livros escritos, idiomas falados, multidões que conseguimos reunir em trabalhos de evangelismo, sabedoria, ministério “mundial”, fluência ou oratória exacerbada, títulos e mais títulos, siglas e mais siglas de cursos realizados, o negócio é impressionar, obreiros há que o inicio de suas pregações é verdadeiros relatórios extensos de onde esteve, a quem pregou, com quem esteve, qual classe voou, de primeira, executiva, jatinho particular, o automóvel que usa, verdadeiros desfiles de modas e grifes caríssimas, o negócio é o VASO APARACER! Sou filho do rei!

( Um destes disse a mim: Olha Acioli: Esta Mercedes aqui é para minha esposa ir ao supermercado, fica a disposição dela para os afazeres domésticos! - Era uma Mercedes zerada, é mole?)

Vejam os títulos eclesiásticos que grassam no arraial gospel, examinem profundamente essa vergonha entre aqueles que deveriam ter a satisfação de ostentar o sublime titulo: SERVO DE DEUS, SERVO DO DEUS ALTISSIMO!

A idéia é impressionar com o vaso e não com o conteúdo deste; é por esta razão que estamos vendo o desastre em nosso meio: FALTA DE CONTEÚDO – Falta da presença de Jesus Cristo, do Espírito Santo e da observância aos ensinos bíblicos!

Jesus disse em Mateus 5:16 "Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, de tal forma que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus."

Pensemos nisso com sinceridade!

Isaías disse, falando por Deus em Isaías 55:8, 9: "Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos", declara o Senhor.

"Porque assim como os céus são mais altos que a terra, assim são os meus caminhos mais altos que os vossos caminhos, e os meus pensamentos do que seus pensamentos."

A fé cristã busca constantemente crescer na compreensão dos caminhos de Deus.

Aprendamos Seus caminhos.

Nós não podemos exigir que Ele faça as coisas à nossa maneira.

ELE É O SENHOR E NÓS......................................QUEM SOMOS?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VITÓRIA DE DAVI SOBRE A TRISTEZA

VITÓRIA DE DAVI SOBRE A TRISTEZA Texto: Salmos 34.19 INTRODUÇÃO:  Um homem que enfrentou muitas crises. I. UM JOVEM DE FÉ a. ...