sábado, 24 de maio de 2014

A EVANGELICOFOBIA DA GRANDE MÍDIA E DO CRP

Acabei de receber esse texto do Pr. Ciro, que completa perfeitamente a ultima postagem desse Blog.

por Ciro Sanches Zibordi

Veja o que o “imparcial” e “bem informado” jornal “O Dia” publicou ontem, em seu site: “Psicóloga que propunha ‘cura gay’ tem registro cassado no Paraná. 

Autodenominada como ‘psicóloga cristã’, Marisa Lobo foi cassada pelo Conselho Regional de Psicologia do estado. 

Ela ainda pode recorrer da decisão em âmbito federal”. 

Tenho observado que esse jornal e a grande mídia, de modo geral, não têm apurado com diligência nenhuma notícia negativa a respeito dos evangélicos.

Ora, ora, ora... 

No Brasil, os espíritas podem dizer que são “psicólogos espíritas”— alguns até promovem eventos que tratam de práticas espíritas em consultório (digite “psicologia cristã” no Google). 

Aqui, também, no país do futebol (e da corrupção, da injustiça, da impunidade, da perseguição religiosa, etc.), heterossexuais, como Daniela Mercury, podem se tornar gays à vontade. 

Mas, por que evangélico graduado em psicologia, como Marisa Lobo, não pode usar o binômio “psicóloga cristã” e ajudar pessoas homossexuais que desejam retomar a heterossexualidade?

O editor de “O Dia” deveria saber que nenhum psicólogo evangélico que se preza propaga a falaciosa “cura gay”. 

Entretanto, todo profissional desse segmento tem o direito de ouvir um paciente, seja qual for a sua necessidade. 

Por que um heterossexual pode tornar-se gay, e um homossexual não pode tornar-se heterossexual?

Vai o tal Conselho Regional de Psicologia (CRP) punir os psicólogos que ajudam pessoas a deixarem a heterossexualidade, assim como pune os profissionais que ajudam pessoas a deixarem a homossexualidade? 

E quanto aos profissionais de outras religiões, como os espíritas, que usam o binômio “psicólogo espírita”, terão seus registros igualmente cassados?

Que país é este? Vivemos debaixo da ditadura de opinião do movimento LGBTUVXYZ? 

Quanto aos que acusam os evangélicos de ignorantes, fundamentalistas e homofóbicos, não são eles igualmente fundamentalistas e ignorantes, além de evangelicofóbicos? ‪#‎ProntoFalei‬, quer gostem, quer não gostem.

(Posto essa matéria antes do assunto que estou preparando sobre O Pastor e a Sucessão no Ministério, devido a sua importância)

2 comentários:

  1. É triste saber que o nosso país esta entrando sorrateiramente por este caminho da perseguição religiosa, mesmo que disfarçada. Sendo algo contra os evangélicos, A OAB não liga, O Ministério Público Estadual ou o Federal não se interessa, a Mídia que se diz imparcial não divulga, o Judiciário silencia. Somos cumpridores da Lei, pois Cristo nos transformou em bons cidadãos, mas a Lei (muitas das vezes) não nos protege, ela é totalmente ignorada quando precisamos dela.
    Como servimos a Jesus que tem todo poder nos céus e na terra, e que de antemão nos alertou que seríamos perseguidos e injustiçados por aqueles que não conhecem o Deus verdadeiro, devemos é ter pena de tais pessoas, orar por elas e evangelizá-las, para que também cheguem ao conhecimento da verdade e se salvem, mas se insistirem no erro, já é de responsabilidade delas, vão dar contas a Deus no dia do Juízo.
    Com ou sem perseguição, devemos está atentos, Jesus está voltando.

    www.avozdosetor10.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Caro pr. Daniel Acioli,

    Paz amado!

    Aqui estou de prontidão na expectativa da sua matéria anunciada.

    O Senhor seja contigo, nobre pastor,

    O menor

    ResponderExcluir