domingo, 6 de setembro de 2009

SAL e LUZ - IV

O Crente – Luz do Mundo

Em Mateus 5.14, Jesus diz aos seus seguidores de todos os tempos: “Vós sois a luz do mundo...”

A luz brilha e se opõe a treva.

O cristão deve saber que o mundo jamais verá a Deus de maneira melhor do que o próprio crente é capaz de apresentar através de suas atitudes.

Por isto Jesus acrescentou: “Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus” (Mt 5.16).

· Davi foi chamado de luz de Israel (2Sm 21.17).

Os seus descendentes chamados de luzes (1Rs 11.36; Sl 132.17; Lc 2.32).

· Jesus Cristo é a Verdadeira Luz do mundo que ilumina a todo homem (Jo 1.9).

Segundo Paulo, os crentes são luzes secundárias.

Aos crentes são reputadas luzes porque participam da luz que vem da fonte luminosa que é Cristo: “Para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo” (Fp 2.15).

Na esfera mundana são trevas; trevas da ignorância, a sua esfera é escuridão, Jesus foi à luz entre os homens (Jo 1.5).

Mas os homens amaram mais as trevas que a luz, porque as suas obras eram más.

Os crentes também são luzes que iluminam as trevas segundo os ensinos de Jesus, sem essa iluminação o mundo seria um lugar tenebroso, seus discípulos, pois, devem ser “Como uma cidade edificada sobre um monte”.

Mesmo que as luzes fossem fracas, as cidades edificadas sobre o monte, seriam vistas de grande distância.

Assim também deve ser o crente, brilhando e dissipando as trevas.

A presença real de Deus na vida do crente fará dele uma luz verdadeira, e Deus será glorificado em sua vida.

O crente como luz exerce o seu verdadeiro sacerdócio.


3 comentários:

  1. Prezamado pr. Daniel Acioli,

    A Paz do Senhor!

    Belíssima matéria e bem posicionada para quem deseja entender, de vez, a responsabilidade em nossas mãos.

    Devemos ser luz e sal no mundo para ocupar o espaço maravilhoso com o testemunho coerente com a nossa fé e deixar-nos levar pela maravilhosa tentativa de sermos como o verdadeiro Apóstolo Paulo, quando nos orienta a sermos seus imitadores, assim como foi de Cristo.

    É nosso dever buscar a cada momento em nossas vidas o posicionamento ideal neste mundo, que nos observa, e principalmente do Senhor em sua onisciência.

    O Senhor é digno de nosso Louvor e de toda a Honra, não porque o descobrimos, mas porque nos amou primeiro, nos encontrou em nossos pecados e nos perdoou.

    O Senhor seja contigo sempre!

    pr. Newton Carpintero
    www.pastornewton.com
    Contra a Falácia da Prosperidade!

    ResponderExcluir
  2. Caro pastor Acioli,

    A paz do Senhor!

    Excelente abordagem! Que Deus abençoe, caro pastor! E que, de fato, sejamos luzes neste mundo tenebroso.

    Em Cristo,

    Ciro Sanches Zibordi

    ResponderExcluir
  3. A paz do SENHOR,

    Nobre pastor, uma bela postagem, traz uma explicação verdadeira e atual, nos dias em que vivemos, onde muitos e até alguns de nossos líderes infelizmente já não podemos concidera-los como luz, que a graça e a misericórida de Deus nos guarde e que a cada dia venhamos ser luzes neste mundo conturbado.

    Abraços

    Ev. Jairo Elin
    www.jairoelin.blogspot.com

    ResponderExcluir

CALÚNIA?

Existem pecados que atingem, ferem e fazem mal não só ao que o comete, mas também a outros próximos.  Um destes pecados é o escândalo, ...