terça-feira, 16 de março de 2010

Aparentes contratempos...

Aparentes contratempos...


Conta-se que o conquistador mongol Genghis-Khan tinha, como animal domesticado, um belo falcão.
Como saía a caçar, era seu amigo inseparável.
Certo dia, numa jornada com o falcão, sentiu muita sede.
Aproximou-se de um rochedo de onde um filete de água límpida brotava...


Tomou de sua taça, encheu até à borda e a levou aos lábios.
No mesmo instante, o falcão se jogou contra a taça e o líquido caiu ao chão.
Genghis-Khan ficou muito irritado.
Levou a taça novamente até o filete de água e tornou a enchê-la.
De novo, antes que pudesse beber o primeiro gole, o falcão investiu contra sua mão, fazendo cair a taça e se perder a água.

Desta vez o impiedoso conquistador olhou firmemente para a ave e falou: Vou tornar a encher a taça. Se você a derrubar outra vez, você perderá a vida!
Segurando com a mão direita a sua espada mongol, com a esquerda tornou a encher a taça.
Mas no exato momento que a levava aos lábios, o falcão voou rápido e a derrubou novamente.
Ágil, como ele só, Genghis-Khan sacou a espada e, em pleno ar, decepou a cabeça do falcão.
Ainda com raiva, chutou para longe o corpo do animal.

E porque a taça agora se tivesse quebrado, subiu pelas pedras para beber no ponto mais alto do rochedo, onde imaginou fosse a nascente da fonte.
Surpreso, descobriu presa entre as pedras, bem no meio da nascente, uma enorme serpente venenosa. O animal estava morto há tempo, pois mostrava sinais de decomposição e um cheiro insuportável...

Tardiamente o grande conquistador se deu conta do que realmente o falcão fizera.
Por três vezes lhe salvou a vida, pois aquela água contaminada, uma vez ingerida, teria trazido doença e mesmo a morte. Profundamente arrependido, lamentou com muita tristeza o gesto impensado que o levara a matar o animal – seu leal amigo!



* * *
Assim, também, muitas vezes somos nós.

A Providência Divina estabelece muitas formas de auxílio, mas não as entendemos.

Ao contrário, nos rebelamos.

Por vezes, a presença de Deus em nossa vidas ocorre por meio de sábios conselhos de amigos.
Contudo, não lhes damos atenção, nos irritamos, e, por vezes, até rompemos com velhas amizades.
Outras vezes, Deus faz que algo que desejamos intensamente, não se concretize.
Algo que almejamos: um concurso, uma viagem, um prêmio, uma festa ou determinado emprego.
Então já é o suficiente para gritarmos contra o Pai, sentindo-nos abandonados e esquecidos de Seu apoio.

Raras vezes paramos pra pensar sobre o que nos está acontecendo.
Quase nunca paramos pra perguntar:
Não será a mão de Deus agindo, para me dizer que este não é o melhor caminho?
Nada ocorre por acaso.

Você nunca se deu conta que um engarrafamento que o detenha no trânsito, ou um contratempo à saída de casa, retardando-o em seus horários, talvez o impeçam de participar de um acidente mais adiante?

Providência Divina.
Esteja atento.
Busque entender as pequenas mensagens que Deus lhe envia continuamente.

Não se irrite, não se altere.
Ao contrário, agradeça sempre!

Deus está agindo em seu favor, em todos os momentos e circunstâncias!

Um comentário:

  1. Shalom!

    Amado Pr Daniel Acioli, uma alegria e privilégio lhe conhecer pessoalmente em Santos. Deus sempre nos surpreende!

    O Eterno continue a frutificar seu ministério, guiando os seus passos, e lhe conduzindo em triunfo. Sempre!

    Medite em 2 Coríntios 2.14

    Nele, Pr Marcelo de Oliveira

    P.s>>> Depois o sr envia no meu e-mail seu telefone para mantermos o contato - ok.

    evmarcello.olliver@gmail.com

    ResponderExcluir

REI DAVI....... Do Pastoreio ao Trono de Israel.... Davi, o filho mais novo de Jessé                                            - I...