sábado, 2 de maio de 2009

Crescer...eis a questão!!!

Deus Quer Que Você Cresça

"Pelo contrário, falando a verdade com espírito de amor, cresçamos em tudo até alcançarmos a altura espiritual de Cristo, que é a cabeça." Efésios 4.15

O objetivo de Deus para você é desenvolver e amadurecer as características de Jesus Cristo, vivendo uma vida de amor e serviço.

Lamentavelmente, milhões de cristãos envelhecem, mas jamais crescem.

Estão presos em uma perpétua infância espiritual, continuando em fraldas e sapatinhos infantis.

A razão é porque eles nunca objetivaram crescer.

O crescimento espiritual não é automático.

É necessário um compromisso intencional.

Você deve querer crescer, decidir crescer, fazer esforço para crescer, e persistir no crescimento.

Discipulado é o processo de se tornar como Cristo – sempre começa com uma decisão.

“Venha comigo! Mateus se levantou e foi com ele” Mateus 9.9b.

Quando os primeiros discípulos escolheram seguir a Jesus, eles não entendiam todas as implicações da sua decisão.

Eles simplesmente responderam ao convite de Jesus.

Isto é tudo que você precisa para começar.

Decidir tornar-se um discípulo.

Nada transforma mais a sua vida que os compromissos que você escolhe fazer.

Seus compromissos podem desenvolver você ou destruí-lo, mas de qualquer forma, eles irão defini-lo.

Diga-me com o que você está comprometido e eu lhe direi o que você será em vinte anos.

Nós nos tornamos aquilo com o que estamos comprometidos.

É neste ponto do comprometimento que muitas pessoas perdem a proposta de Deus para suas vidas.

Muitos temem comprometer-se com qualquer coisa e apenas passar pela vida.

Outros fazem compromissos parciais com valores concorrentes, o que leva à frustração e mediocridade.

Outros fazem compromissos ilimitados com objetivos mundanos, como se tornarem ricos ou famosos, e terminam desapontados e amargos.

Toda escolha tem conseqüências eternas, logo você deveria escolher sabiamente.

Uma vez que você decida levar a sério o tornar-se como Cristo, você deve começar a agir de um jeito novo.

Você precisa deixar algumas velhas rotinas desenvolver alguns novos hábitos, e intencionalmente mudar a forma como você pensa.

“Continuem trabalhando com respeito e temor a Deus para completar a salvação de vocês. Pois Deus está sempre agindo em vocês para que obedecem à vontade dele, tanto nos pensamentos como nas ações.” Filipenses 2.12b,13

Este versículo mostra as duas partes do crescimento espiritual: “trabalhar com” e “agir em”.

O “trabalhar com” é sua responsabilidade e o “agir em” é o papel de Deus.

Crescimento espiritual é um esforço colaborativo entre você e o Espírito Santo.

O Espírito de Deus trabalha conosco, não apenas em nós.

Este versículo, escrito para cristãos, não é sobre como ser salvo, porém sobre como crescer.

Ele não diz “trabalhe” para a sua salvação, porque você não pode somar nada ao que Jesus já fez!

Durante um exercício físico, você se exercita para desenvolver o seu corpo, não para obter um corpo.

Deus lhe deu uma nova vida, agora você é responsável por desenvolvê-la com “temor e tremor”.

Isto significa levar a sério seu crescimento espiritual, porque isto determinará seu papel na eternidade.

Para mudar a sua vida, você deve mudar a forma como pensa.

Atrás de tudo que você faz está um pensamento.

Cada comportamento é motivado por uma crença, e cada ação é ativada por uma atitude.
Deus revelou isto milhares de anos antes que os psicólogos entendessem: “Seja cuidadoso como pensa; sua vida é moldada pelos seus pensamentos.” Provérbios 23.7.

Isto é o que acontece quando você tenta mudar sua vida com força de vontade: você diz “Eu me forçarei a comer menos... parar de ser desorganizado e atrasado”.

Sim, força de vontade pode produzir uma mudança durante algum tempo, mas cria constante tensão interna porque você não tratou da causa real.

A mudança não é natural.

Eventualmente você desiste e sai da dieta.

Existe uma maneira melhor e mais fácil: mude o seu piloto automático – a forma que pensa.

Seu primeiro passo no crescimento espiritual é começar mudando a forma como pensa.

A mudança sempre começa primeiro na sua mente.

A forma que você pensa determina a forma que sente, e a forma que sente influencia a maneira que você age.

Para ser como Cristo você deve desenvolver a mente de Cristo.

O Novo Testamento chama esta mudança mental de “arrependimento”, que na literatura grega significa “mudar a sua mente”.

Arrepender significa mudar a forma como você pensa – sobre Deus, sobre você, o pecado, outras pessoas, a vida, seu futuro, e tudo o mais.

Você adota a postura e perspectiva de Cristo na vida.

“Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha.” Filipenses 2.5.

Hoje muitos assumem que maturidade espiritual é medida pelo quanto conhecimento bíblico e doutrina você sabe.

Apesar de que conhecemos é uma medida de maturidade, isto não é tudo.

A vida cristã é muito mais que credos e convicções; inclui conduta e caráter.

Nossas obras devem ser consistentes com nossos credos e nossas crenças devem ser acompanhadas por um comportamento semelhante ao de Cristo.

Pensar nos outros é o coração do ser semelhante a Cristo, e o objetivo do crescimento espiritual.

Este tipo de pensamento não é natural, é contra-cultural e raro.

A única forma de aprendermos a pensar desta forma é pelo preenchimento das nossas mentes com a Palavra de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário