domingo, 14 de junho de 2009

BLOG DO PR. ALTAIR GERMANO: CGADB: DENÚNCIAS

BLOG DO PR. ALTAIR GERMANO: CGADB: DENÚNCIAS

12 comentários:

  1. Que Deus faça justiça contra todos estes que queren ser melhores que os demais esta tal de Altair Germano ja que gosta tanto do JW pasador de cheque sen fundo vai seguir o conselho dele de pregar o evangelho e nao fica preocupado con sabe se o Pr. Marco Feliciano e o nao da CGADB, se a placa da Catedarl diz que intende o nao voce ocupen o espaço e prega mete biblia no povo e cada un cuida da sua

    ResponderExcluir
  2. SOU SERVO DO DEUS ALTISSIMO E EXERÇO O PASTORADO DEUM TEMPLO DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM BELÉM. ESTÁ NA HORA DE UM "BASTA!".CASO CONTRÁRIO, BREVEMENTE VAMOS TER VERGONHA DE DIZER QUE SOMOS PASTOR. ILUSTRE PR. GERMANO, SUGIRO QUE CONTINUE NA BATALHA CONTRA O ERRO E A TIRANIA E SEMPRE DISPOSTO A GLORIFICAR O DIREITO; DOA A QUEM DOER. A L E L U I A !

    ResponderExcluir
  3. NOTICIA IMPORTANTE
    SOBRE A CGADB:


    O Pr. Davidson Gomes Vieira ingressou com representação na CGADB postulando a instauração de processo administrativo em face do Pr.SAMUEL CÂMARA em razão da flagrante conduta aética consubstanciada por seu ofensivo pronunciamento, levado ao ar em programa televisivo no dia 13 de junho de 2009. Espera que o Conselho de Ética e Disciplina cumpra efetivamente o seu papel.

    ESCLARECIMENTOS


    A representação não adentra ao mérito do pronunciamento do Pr. Samuel Câmara, ou seja, ela não discute se são ou não verossímeis as denúncias por ele perpetradas, até porque, seu humilde subscritor (Pr. Davidson), na qualidade de simples convencional, jamais se arvorou postar-se como advogado da CGADB e de seus inscritos.


    A representação (direito de petição de todo convencional) foi formulada sob os pressupostos do próprio Estatuto e Regimento Interno da CGADB, não se trata de peça difamatório ou de qualquer conteúdo ofensivo à notável ilibada honra do Pr. Samuel Câmara, valendo frisar, que o Representante (Pr. Davidson Gomes Vieira) na qualidade de advogado não poderia esquecer que segundo as próprias regras estatutárias e regimentais poderá, também, sofrer da sanção administrativa, caso não comprove a verossimilhança de suas alegações feitas em desfavor do Pr. Samuel Câmara.


    A mencionada representação busca ver declarada a gritante falta de ética do Pr. Samuel Câmara, em trazer ao seu programa televisivo (assistido por milhares de pessoas), denúncias contra a CGADB de fatos que tratados sob o crivo de uma ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA composta da presença de mais de 14.000 pastores, foram ali sanados com a aprovação das contas.


    Ora, não se discute a boa ou má gestão da mesa diretora, o que se discute é o fato de um membro, quiçá, perturbado ou não com sua derrota no recente pleito à presidência, tenha a ousadia de vir a público conspurcar a honra da instituição que almeja presidir e dos colegas a quem deve o amor cristão, fomentando a discórdia entre irmãos, quando pelo próprio mister de seu ministério tinha a obrigação de lutar pela união de seus pares e sobretudo não olvidar do direito à dignidade humana, impondo freio à sua solta língua.


    Aliás, por ocasião da Assembléia Geral, o Pr. Samuel Câmara teve e usou largamente o direito à palavra e, se ali não fez prevalecer suas convicções, certamente não lhe era lícito usar de seu programa televisivo para de maneira totalmente cômoda incriminar de modo indevido e inoportuno, em local inapropriado fazer denúncias contra quem ali não se encontrava para se defender, agindo assim, com evidente ânimo de difamação.


    Imaginem, nos ministros, que tendo nos tornados desafetos de alguém que nos confidenciou suas mazelas em razão de nosso ofício sacerdotal e, que por conta do rompimento da relação de amizade venhamos tornar público aquilo que era confidencial sob o discurso da “transparência” . Não seria no caso a dilatação um mal maior do que o próprio pecado da ovelha? Como afirmou o reverendíssimo Pr. Marco Feliciano em seu recente glorioso pronunciamento sobre a eficácia da fofoca, da calúnia e da difamação: “A quem aproveita o escândalo senão ao Diabo?” Por que utilizarmos de caminhos escusos quando temos caminhos legítimos para expor nossos ideais e promover nossas defesas?


    Pr. Davidson Gomes Vieira
    MEMBRO DA CGADB

    ResponderExcluir
  4. O que deverá pensar um internauta ainda não convertido sobre tantas polemicas no meio daqueles que se identificam como salvo, crentes, evangelicos, convertidos?
    Tudo isso não colabora nem com um pouco com o avanço do Reino de Deus aqui na terra. Essas questões que vira e mexe voltam a tona, somente trazem dissabores e com certeza quem ganha com isso é o dito cujo, a quem cabe o papel de dissiminar suas sementes.
    Que tal orar?

    ResponderExcluir
  5. anonimo disse , que se os obreiros orassem mais ,lessem mais a Biblia meditassem mais na Palavra de Deus ,não brigariam tanto por cargos de destaque , mas se preocupariam mais em ganhar as almas que estão perecendo nas mãos do diabo . E assim estariam garantindo suas entradas no Ceu onde receberiam o grande premio que esta reservado para todos os fieis em CRISTO JESUS.

    ResponderExcluir
  6. A maioria dos pastores das assembléias de Deus no Brasil está se tornando mercenários, só estão pensando em dinheiro e em seus próprios entereses. Antes se falava muito contra a universal, mas hoje os pastores assembleiano não têm mas moral para ensinar o povo contra os ensinos de Macedo, pós estão fazendo à mesma coisa.

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus estamos vivendo os tempo do fim, é necessário transparencia, dignidade e honradez no meio do povo de Deus, especialmente entre os líderes que segundo a palavra de Deus são exemplos de fiéis.
    Será que nós pastores somos exemplos para os fiéis?
    Tenho vergonha de apresentar-me como pastor da Assembléia de Deus em alguns lugares, é necessário transparencia e dignidade pelo amor de Deus!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Pr Junior Mendonça;Se o Pr Samuel camara esperasse no tempo do senhor Jesus,com toda certeza o ministério dele teria ser tornado totalmente diferente e ele seria conhecido não como um homem de divisão,mais como um verdadeiro homem de Deus.

    ResponderExcluir
  9. Glorifico e exalto o Senhor nosso Deus,porque todas essas coisas que se fázem em ocuto, no juízo final,virá ás claras, Como diz a palavra de Deus,em
    eclesiastes (12.14) "Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom quer seja mau".

    ResponderExcluir
  10. O escândalo é terrível nao edifica; entretanto, o que seria da Igreja se Lutero nao tivesse denuciado ao mundo os erros da época?... E se Joao e o Senhor Jesus nao tivessem denuciado as hipocrisias dos fariseus?... Se Paulo nao tivesse diante de todos repreendido a Pedro por sua dupla personalidade no tocante aos judeus e gentios?.....Infelismente, muitos se prevalecem do amor que está no coracao do povo de Deus… e, até da longanimidade do Bom Deus… e assim revelam através do fruto que nem crentes sao …sim…os outros que sejam crentres por eles… os outros que vá para o Céu por eles…o Céu deles é aqui….

    ResponderExcluir
  11. PASTOR DAVIDSON NOTIFICA
    QUE VAI REPRESENTAR CONTRA OS DONOS DO CGADB.BLOG.COM
    PERANTE A AUTORIDADE POLICIAL DA 4ª DELEGACIA DE DELITOS COMETIDOS POR MEIOS ELETRÔNICOS DO DEIC (Departamento de Investigação Sobre o Crime Organizado), CASO NÃO PRESTEM AS INFORMAÇÕES POR ELE SOLICITADAS.

    O Blog intitulado “CGADB.BLOG.COM” divulgou notícia e “cópia de documentos” de cuja fonte silenciou, informando serem falsos o “Certificado de Conclusão de 2º Grau” e o respectivo “Histórico Escolar” emitidos em nome do Pr. José Wellington Bezerra da Costa, bem como cópia de página do “Dário Oficial do Estado de São Paulo” onde faz constar despacho do Delegado de Ensino (DRE da Capital) em que declara nulos referidos documentos.
    O Pr. Davidson postou ao pé de mencionada notícia, solicitação ao “denunciante” o obséquio de informar a data e página do Diário Oficial em que foi publicada a “declaração de nulidade” do histórico escolar de 2o grau e o respectivo certificado, para que averiguasse a verossimilhança do alegado, pois da postagem não era e nem é possível extrair os dados que solicitou. Debalde foram os pedidos. Confira:
    E-mail de 2 de junho de 2011 - cgadb2@aol.com
    Prezados Senhores
    Informo que a insistência na desídia Vs. Ss. em fornecer as informações solicitadas nas postagens anteriores, me forçam a notificá-los de que me recorrei da Autoridade Policial da 4ª Delegacia de Delitos Cometidos por Meios Eletrônicos do Deic (Departamento de Investigação sobre o Crime Organizado), caso não me sejam prestadas as referidas informações no prazo de 24:00 horas.
    Atenciosamente
    Pr. Davidson Gomes Vieira

    ResponderExcluir
  12. Meus Pastores Vamos Orar

    Pr.Jeriel Santos de Oliveira

    ResponderExcluir

AS MARCAS DO DISCIPULADO

AS MARCAS DO DISCIPULADO        Textos: Mateus 16.24 INTRODUÇÃO:  Paulo trazia no corpo as marcas de Cristo Jesus (Gl. 6.17).    ...